História & Estórias

Archive for the ‘Mulheres’ Category

MÃE

Mãe,

Ah, que saudade imensa

Do teu cheiro a jasmimFeliz Dia da Mãe3

Dos teus braços de abrigo

Do teu colo de jardim!

Que saudade da tua voz

Dos conselhos que não escutei

Dos castigos que protestei!

Mãe,

De ti colhi a vida,

O sorriso e a alegria

A firmeza e a teimosia

Ah,

Como gostava da tua presença

Mas só te tenho na lembrança

No aconchego do coração

E aí tu serás sempre minha mãe!

Feliz dia da MÃE!

Anúncios

ODE À MULHER – HÁ MUITAS E MUITAS MARIAS

Cada mulher tem a sua forma de ser, de agir, de amar, de ser mãe, de ser MULHER

Cada mulher é única!

A todas as mulheres especiais dedico este poema!9

HÁ MUITAS E MUITAS MARIAS

Há muitas e muitas Marias

Muitas e muitas mais

Mulher guerreira,

Princesa herdeira

MARIA MULHER, és demais!

Há muitas e muitas Marias

Maria sofrida

Mulher bonita

Maria esquecida

MULHER exemplo de vida!

Há muitas e muitas Marias

Maria mulher,

Mulher mãe,

Mulher filha

Há muitas e muitas mais!

Artistas, vais inspirar

Mulher Maria, mulher heroína

És um exemplo a abraçar

Maria, tu és divina

MARIA, tu és MULHER!

Há muitas e muitas Marias

Há muitas e muitas mais!

Fernand@maro

Mulher1

MULHER “O Que Tu És…”

O Que Tu És…

És Aquela que tudo te entristece
Irrita e amargura, tudo humilha;
Aquela a quem a Mágoa chamou filha;
A que aos homens e a Deus nada merece. Mulher

Aquela que o sol claro entenebrece
A que nem sabe a estrada que ora trilha,
Que nem um lindo amor de maravilha
Sequer deslumbra, e ilumina e aquece!

Mar-Morto sem marés nem ondas largas,
A rastejar no chão como as mendigas,
Todo feito de lágrimas amargas!

És ano que não teve Primavera…
Ah! Não seres como as outras raparigas
Ó Princesa Encantada da Quimera!…

Florbela Espanca, in “Livro de Sóror Saudade”

HOMENAGEM À MULHER – CALÇADA DE CARRICHE

SAUDADES DA MINHA MÃE!

Para Sempre
Por que Deus permite
que as mães vão-se embora? 
Mãe não tem limite, 
é tempo sem hora,
luz que não apaga
quando sopra o vento 
e chuva desaba, 
veludo escondido
na pele enrugada,
água pura, ar puro, 
puro pensamento. 
Morrer acontece
com o que é breve e passa
sem deixar vestígio. 
Mãe, na sua graça, 
é eternidade. 
Por que Deus se lembra 
— mistério profundo —
de tirá-la um dia? 
Fosse eu Rei do Mundo, 
baixava uma lei: 
Mãe não morre nunca,
mãe ficará sempre
junto de seu filho e ele, 
velho embora, 
será pequenino feito grão de milho.

                                                                          Carlos Drummond de Andrade, in ‘Lição de Coisas’

Um Livro Para Um Poema – MULHER


Clica para folhear o livro – Um Livro Para Um Poema – MULHER

O Orgulho de Ser MÃE


O Orgulho de Ser MÃE

Carreguei dois lindos bebés no meu ventre.
Vivi a maravilhosa sensação de os sentir mexer dentro de mim.
Acordei durante a noite para os ouvir, acalmar, acariciar e olhar.
Confortei-os e acarinhei-os junto ao meu coração.
Descurei o meu corpo para ter as marcas da maternidade… não sou perfeita, mas quando me olho no espelho sinto orgulho de ser a mãe em que me tornei!!!!