História & Estórias

Archive for the ‘Amigos’ Category

20 DE MARÇO – DIA INTERNACIONAL DA FELICIDADE

Hoje, 20 de março, comemora-se o Dia Internacional da Felicidade. Este foi declarado pela Organização das Nações Unidas (ONU) em junho de 2012, alegando que “a busca da felicidade é um dos objetivos fundamentais do ser humano”.
Uma vez que o Butão mede a felicidade da sua população da mesma forma como mede o Produto Interno Bruto (PIB), este decidiu propor à ONU uma data especial para lembrar aos
O FIB, como é chamado o índice da felicidade, é composto por dez pilares: educação para a inclusão social, preservação e promoção dos valores culturais, resiliência ecológica, boa governança, vitalidade comunitária, saúde, desenvolvimento sustentável, diminuição da jornada de trabalho, desporto, igualdade entre géneros e liberdade de pensamento.
Assim, em 2013, comemorou-se pela primeira vez o Dia Internacional da Felicidade.

Cantiga

Nas ondas da praia4f10fc87571aa504331b8622c0788136
Nas ondas do mar
Quero ser feliz
Quero me afogar.

Nas ondas da praia
Quem vem me beijar?
Quero a estrela-d’alva
Rainha do mar.

Quero ser feliz
Nas ondas do mar
Quero esquecer tudo
Quero descansar.

                                                                          Manuel Bandeira

TENHO O DEVER DE…


O dever devo cumprir
E ser um bom cidadão,
Tratar todos com respeito
Contribuir p´ra haver união!
 
Tenho o dever de me empenhar,
Agir com responsabilidade,
As regras devo  enlaçar
 E em tudo ter seriedade!
 
Na escola devo aprender
Lições de cidadania e educação,
Nas aulas devo estudar,
E no recreio brincar com retidão!
 
Ser íntegro é um ritual
Às aulas não devo faltar
Devo ser assíduo e pontual
P´lo que não me devo atrasar!
 
O material não devo estragar
Seja pessoal ou escolar
O ambiente sempre limpar
Para o planeta preservar!
 
Tenho o dever de sonhar
Sonhar com um mundo melhor
Onde um sonho é realidade
E recresce a felicidade!
 
Tenho o dever de cuidar,
A todos conseguir amar,
As crianças acarinhar,
E os idosos abraçar!
 
Saudar e dizer bom dia.
Agradecer com muito obrigado,
Facultar uma boa harmonia
Mostrar ser bem educado!
 
Praticar o amor e a amizade
Mostrar ter bom coração
Serei, então,  bom cidadão
E serei  pessoa de verdade
Pessoa exemplar na perfeição!

Fernand@maro


FELIZ ANO NOVO!

Feliz ano novo
Ano novo, vida nova
Que a paz e a tranquilidade,
Carinho e muito amor
Te envolvam com fervor!
 
Ano novo, vida renovada
Renovada no rosto de uma criança
Com sorrisos de esperança
Gargalhadas de alegria
E abraços de harmonia!
 
Todos os dias são ano novo
Em cada minuto vivido
Em cada segundo sentido
Em cada momento sofrido
Em todo o amor oferecido!
 
Feliz ano 2019
Que a tua vida se inove!
Feliz dia
Te desejo com alegria!
Feliz momento
Te desejo com sentimento!
 
Feliz ano,
Feliz dia,
Feliz momento!

                                                                                        Fernand@maro

O TEMPO E A VIDA !…

O tempo é como um rio! Corre e corre continuamente! Passa e não para, pelo que não se consegue tocar na mesma água mais que uma vez. Ela passou e não voltará a passar. O tempo foi-se e não virá de novo!

A vida é como uma peça de teatro, mas sem ensaios! Temos, então, de a vivenciar, sentir com vigor o presente e aproveitar todos os minutos, todos os segundos: cantar, chorar, rir, dançar… e viver intensamente antes que a peça acabe e se feche a cortina!

Devemos, por isso, alicerçar o nosso dia a dia na vida, na família e nos amigos, porque a vida é curta, a família é única e os amigos são raros e especiais!

clock

“Conta-se que no século passado, um turista americano foi à cidade do Cairo no Egito, com o objetivo de visitar um famoso sábio. O turista ficou surpreso ao ver que o sábio morava num quartinho muito simples e cheio de livros. As únicas peças de mobília eram uma cama, uma mesa e um banco.

– Onde estão seus móveis? Perguntou o turista.
E o sábio, bem depressa olhou ao seu redor e perguntou também:
– E onde estão os seus…?
– Os meus?! Surpreendeu-se o turista. – Mas estou aqui só de passagem!
– Eu também…

“A vida na Terra é somente uma passagem… No entanto, alguns vivem como se fossem ficar aqui eternamente, e esquecem-se de ser felizes.” concluiu o sábio.”

Autor desconhecido

mudar-tempo-629x340

AMOR VERDADEIRO

Diapositivo4Amor Verdadeiro

“O rio passa ao lado de uma árvore, cumprimenta-a, alimenta-a, dá-lhe água… e vai em frente, dançando. Ele não se prende à árvore.

A árvore deixa cair suas flores sobre o rio em profunda gratidão, e o rio segue em frente. O vento chega, dança ao redor da árvore e segue em frente. E a árvore empresta o seu perfume ao vento…

Se a humanidade crescesse, amadurecesse, essa seria a maneira de amar.” (Osho)

 

ODE À MULHER – HÁ MUITAS E MUITAS MARIAS

Cada mulher tem a sua forma de ser, de agir, de amar, de ser mãe, de ser MULHER

Cada mulher é única!

A todas as mulheres especiais dedico este poema!9

HÁ MUITAS E MUITAS MARIAS

Há muitas e muitas Marias

Muitas e muitas mais

Mulher guerreira,

Princesa herdeira

MARIA MULHER, és demais!

Há muitas e muitas Marias

Maria sofrida

Mulher bonita

Maria esquecida

MULHER exemplo de vida!

Há muitas e muitas Marias

Maria mulher,

Mulher mãe,

Mulher filha

Há muitas e muitas mais!

Artistas, vais inspirar

Mulher Maria, mulher heroína

És um exemplo a abraçar

Maria, tu és divina

MARIA, tu és MULHER!

Há muitas e muitas Marias

Há muitas e muitas mais!

Fernand@maro

Mulher1

AH, QUE SAUDADES!

Ah, que saudade

Ah, esta contraproducente tristeza que chega de mansinho, sem avisar e sem hora marcada! Entra sem ser convidada, instala-se e teima em ficar.

Num piscar de olhos, sou tocada por uma melancolia repleta de lembranças, de alegrias, mas também de lágrimas, de silêncios, mas também de sons, de sabores e de aromas. Sinto o coração apertado e sinto-me envolvida pela poeira do tempo. Sou abraçada pelos raios do passado, o presente desvanece-se e sou projetada no tempo e no espaço.

Por vezes tenho saudade das pessoas queridas que já partiram. Outras vezes tenho vontade de recuar no tempo para determinado momento, ser transportada para um lugar ou para uma época.

Ah, que saudades do colo da minha mãe! Ah, que saudades dos ralhetes do meu pai!

Tenho saudades de uma alegre cavaqueira à volta da fogueira, do calor fraterno nas noites de inverno!

Sinto falta do amigo que partiu, saudade das suas risadas, da delicadeza das suas palavras, das suas brincadeiras, saudade da amizade que ficará na lembrança.

Ah, que saudades…

Nuvem de etiquetas