História & Estórias

Archive for Julho, 2018

GOSTO DE…

Gosto de…smile - abraço

Gosto do verão,

Dias de alegria,

Rios de união

03+(14).gif+pétalas

Risos de harmonia!

 

Gosto da liberdade,

Da aura do verão

Onde esqueço a idade

E vai embora a saudade!

 

Gosto de cantar

P´ra tristeza repelir

E a alegria reunir!

 

Gosto de amar

Amar num abraço

Que em ti entrelaço!

Fernand@maro

Anúncios

QUE BOM É ESTAR DE FÉRIAS!!!

Que bom é estar de férias!!!

Depois de um ano cansativo, cheios de altos e baixos chegou, agora, a hora de esquecerIMG_20170817_125555 os problemas e relaxar. Chegou o momento de abrir a porta e possibilitar a entrada de energias positivas que alaguem cada espaço de felicidade e harmonia, que me tragam a liberdade de descobrir o amanhecer e absorver o entardecer.

Férias rimam com tranquilidade e alegria, com o prazer de saber que o tempo é meu e só meu e posso fazer o que, verdadeiramente, tenho vontade de fazer.IMG_20170813_134525

Férias são como uma arca misteriosa, de onde posso extrair experiências intensas e extraordinárias que me permitam sentir a alegria da vida e viver de coração aberto.

Que bom é o descanso!

Que sensação agradável poder despejar-me das correrias, dos atrasos, dos toques de entrada, do vaivém diário e rotineiro…

Que salutar é poder mandriar no meu sofá ou na praia, sentindo a água do mar acariciar os meus pés, sentindo a brisa marinha roçar o meu rosto!

Que tonificante é poder andar sem relógio, deixar-me levar pelo tempo!

Como é benéfico não ter compromissos e poder caminhar num parque ouvindo a melodia dos pássaros e o bailado suave da ramagem das árvores ou apreciar e escutar a contradança das ondas do mar!

Que prazer é poder ler os meus autores preferidos, por vezes esquecidos e poder decidir o que fazer ou não fazer, como é o caso de escrever, o que tenho negligenciado neste espaço!

Que bom é estar de férias!!!

Fernand@maroferias-1514986808

 

TRIBUTO AO EMIGRANTE

TRIBUTO AO EMIGRANTE

Na mala levo a esperança

No novo mundo encontrar

Trabalho, amor e alegria

Para um dia poder voltarp-11

 

Encontro o desalento

No meio da multidão

A dor sufoca o peito

É tão grande a solidão

 

Oh, saudade maldita

Que dói, mastiga e destrói!

Ela aperta o coração

Devora sem compaixão

 

Olho a lua lá no alto

Que sorri com ironia:

És pessoa decidida

Enérgica e destemida

 

Levanta-te e vai à luta

Não te deixes amofinar

Recomeça sê resoluta

E com força labutar

 

Leva o dia em alegria

Agosto está a chegar

Regressarás em euforia

E saudades irás matar!

Fernand@maro

saudade