História & Estórias

Archive for Março, 2011

Não confundas “Traz” com “´Trás”

João sai de trás da cadeira
Deixa-te de brincadeira
Está na hora de assentar
Traz os livros da prateleira
E vamos lá estudar!

Traz” e “trás” são palavras homófonas que têm a mesma fonia, mas a grafia é diferente. Vamos, então, lá ver quando / como se aplica uma e se aplica outra.

A palavra “trás” (com acento agudo e com “s”) tem o mesmo significado de atrás, detrás. Tem função de advérbio de lugar, vem sempre acompanhado de uma preposição, formando ássim uma locução adverbial.
Ex: A Maria olhou para trás e viu a Joana.
O João escondeu-se por trás do muro.
Deves passar por trás das pessoas e não pela frente.

A palavra “traz” (sem acento e escrito com “z”) é a conjugação do verbo “trazer” na terceira pessoa do singular do indicativo ou na primeira pessoa do singular do imperativo. Tem o mesmo significado de levar, conduzir, transportar, causar…
Ex: A poluição traz problemas às pessoas.
O carteiro nem sempre traz boas notícias.
Traz, sempre, o teu material para as aulas!

Conquista


Conquista

Livre não sou,
que nem a própria vida
Mo consente.
Mas a minha aguerrida
Teimosia
É quebrar dia a dia
Um grilhão da corrente.

Livre não sou, mas quero a liberdade.
Trago-a dentro de mim como um destino.
E vão lá desdizer o sonho do menino
Que se afogou e flutua
Entre nenúfares de serenidade
Depois de ter a lua!

Miguel Torga, in ‘Cântico do Homem’

Trabalhar em Grupo

TRABALHAR EM GRUPO
Deixo-te aqui alguns conselhos para que possas rentabilizar ao máximo o teu trabalho em grupo.
. Sê paciente – procura expor os teus pontos de vista com moderação e tenta ouvir os outros. Respeita sempre a opinião dos outros, mesmo que não estejas de acordo com elas.
. Aceita as ideias dos outros – nem sempre estamos receptivos a aceitar ideias novas ou admitir que não temos razão. É importante saber reconhecer que a ideia de um colega pode ser melhor do que a nossa.
. Não critiques os colegas – por vezes surgem conflitos entre os colegas de grupo. Não deixes que isso aconteça e que interfira com teu / vosso trabalho. Critica as ideias, nunca a pessoa.
. Sabe dividir – é importante dividir tarefas. Partilhar responsabilidades e informação é fundamental.
. Trabalha – não é por trabalhar em grupo que deves descuidar as tuas obrigações. Dividir tarefas é uma coisa, deixar de trabalhar é outra diferente.
. Sê participativo e solidário – procura dar o teu melhor e ajudar os teus colegas, sempre que seja necessário.
. Dialoga – se existir alguma situação que não te agrade, é importante que a expliques para que se possa encontrar uma solução de compromisso, que agrade a todos.
. Planifica – quando várias pessoas trabalham em conjunto, é natural que se dispersem; planificar e organizar são ferramentas importantes para que o trabalho de grupo seja eficiente e eficaz.
. Evita cair no “Pensamento do Grupo– ao longo do trabalho o grupo torna-se coeso e homogéneo, existe a possibilidade de se tornar resistente a mudanças e a opiniões discordantes. É importante que o grupo ouça opiniões externas e as aceite.
. Aproveita – o trabalho de grupo é uma oportunidade de conviver mais de perto com os teus colegas e também de aprender com eles.
Segue estes conselhos e verás que é muito fácil e divertido trabalhar em grupo.

O erro ortográfico, como evitá-lo…

Todos temos dúvidas e por vezes dificuldades em escrever determinadas palavras. Porque um das maiores dificuldades reside nas formas verbais (Presente do Indicativo e Pretérito Imperfeito do Conjuntivo) aqui ficam algumas dicas / truques que te podem ajudar.

INFORMAÇÃO:
Verbos: come-se / lava-se (Presente do Indicativo)
Truque:
Para saberes quando deves escrever o se separado do verbo (come-se; lava-se) coloca a frase na negativa. Se o se mudar de lugar, significa que é separado do verbo.
Exemplos:
. Aqui come-se muito bem!
. Aqui não se come muito bem!
. Ela lava-se todos os dias.
. Ela não se lava todos os dias.

Verbos: Comesse / Lavasse (Pretérito Imperfeito do Conjuntivo)
Truque:
Para saberes quando deves escrever o verbo com ss e este é pegado ao verbo (comesse; lavasse) coloca a frase na negativa. Se os ss se mantiverem significa que são pegados ao verbo.
Exemplos:
. Se comesse mal, não vinha cá.
. Se não comesse mal, vinha cá.
. Se se lavasse andava limpa.
. Se não se lavasse andava suja.