História & Estórias

Archive for Julho, 2009

O Problema de Um é Problema de Todos!

ani_063Recebi, por correio electrónico, esta excelente fábula que quero partilhar com vocês. É óptima para ser aplicada, principalmente, em grupos de trabalho, porque, embora, o trabalho individual seja necessário, a maior parte das realizações do Homem resultaram do trabalho em grupo.
“Nós aprendemos a voar como os pássaros, a nadar como os peixes, mas ainda não aprendemos a conviver como irmãos”.

Espírito de Equipa
Um rato, olhando pelo buraco na parede, vê o fazendeiro e sua esposa
abrindo um pacote. Pensou logo no tipo de comida que haveria ali.
Ao descobrir que era uma ratoeira ficou aterrorizado.
Correu ao pátio da fazenda advertindo a todos:
– Há uma ratoeira na casa, uma ratoeira na casa !!
A galinha disse:
– Desculpe-me Sr. Rato, eu entendo que isso seja um grande problema
para o senhor, mas não me prejudica em nada, não me incomoda.
O rato foi até o porco e disse:
– Há uma ratoeira na casa, uma ratoeira !
– Desculpe-me Sr. Rato, disse o porco, mas não há nada que eu possa
fazer, a não ser orar. Fique tranqüilo que o Sr. Será lembrado nas minhas orações.
O rato dirigiu-se à vaca. E ela lhe disse:
– O que ? Uma ratoeira ? Por acaso estou em perigo? Acho que não !
Então o rato voltou para casa abatido, para encarar a ratoeira.
Naquela noite ouviu-se um barulho, como o da ratoeira pegando sua vítima.
A mulher do fazendeiro correu para ver o que havia pego.
No escuro, ela não viu que a ratoeira havia pego a cauda de uma cobra
venenosa. E a cobra picou a mulher… O fazendeiro a levou imediatamente ao hospital. Ela voltou com febre.
Todo mundo sabe que para alimentar alguém com febre, nada melhor que
uma canja de galinha. O fazendeiro pegou seu cutelo e foi providenciar o ingrediente principal.
Como a doença da mulher continuava, os amigos e vizinhos vieram visitá-la.
Para alimentá-los, o fazendeiro matou o porco.
A mulher não melhorou e acabou morrendo.
Muita gente veio para o funeral. O fazendeiro então sacrificou a vaca, para alimentar todo aquele povo.

Moral da História:
Na próxima vez que você ouvir dizer que alguém está diante de um problema e acreditar que o problema não lhe diz respeito, lembre-se que quando há uma ratoeira na casa, toda fazenda corre risco.
O problema de um é problema de todos!

Da Minha Janela Eu Vejo…

sun-settingEstou só e triste!
Sinto-me desiludida, incompreendida e incapaz de acreditar e de sonhar!
Estou decepcionada com aqueles que muito estimo!
Sinto as minhas asas dilaceradas, incapazes de me levarem ao mundo dos sonhos, da fantasia, da imaginação, onde tudo é belo, onde existe a paz, a alegria, a compreensão… Contudo, ainda, acredito que “Sobre as asas do tempo, a tristeza vai-se embora” (La Fontaine). Sim, o tempo pode não apagar a dor, mas ameniza-a.
Estou no meu quarto triste e só. Só com as minhas mágoas, só com as minhas angústias, sozinha com as minhas decepções.
Estou no meu quarto, olho à volta. O meu olhar converge para minha janela.
Da minha janela eu vejo o terraço e o jardim, onde a leve brisa dança com o sol seguindo o andamento dos pardais, pintassilgos e andorinhas que tocam uma afinada melodia de alegria neste radioso e lindo dia.
Da minha janela eu vejo a calçada, onde um pardalinho come as migalhas de pão sacudidas após o almoço e, recordo o primeiro voo de um seu irmão, que após ter aterrado, teve dificuldade em retomar a árdua tarefa, bem como o chilrear constante e aflitivo da sua mãe, enquanto ele teimava em retomar o voo.
Posso ver da minha janela o lusco-fusco como uma aguarela pincelada de vermelhos e laranjas e o manto da noite bordado com cintilantes diamantes a brilharem nesse imenso e misterioso infinito.
Da minha janela vejo…

A Viagem

bateaux-34

Voar é sonho de todos nós. Voar nas asas da imaginação, ser transportada por naves espaciais, viajar para terras longuíquas na busca de tesouros perdidos, navegar por mares verdes e azuis e aí brincar com baleias e sereias, golfinhos e tubarões.

Voa e navega comigo através deste espaço virtual e vivamos juntos a aventura desta viagem! 

Bem vindo!

papoilamigosSê bem vindo amigo!

 Sim amigo, porque aquele que me visita é e será amigo.

Obrigada amigo!